Home

Como fazer currículos

Concursos públicos

Cursos preparatórios

Exames psicotécnicos

Mercado de trabalho

Entrevistas de emprego

Erros na entrevista

Carteira de trabalho

Salário mínimo

Seguro desemprego

Contrato de experiência

Jornada de Trabalho

Estabilidade provisória no emprego

Férias

13º salário

 


 

 

 

 

 

 

 

 

Dicas para entrar no mercado de trabalho


Lapidação das competências:

Pratica a tua escrita, escrita técnica e de documentações parece ser um dos ponto fracos da maioria dos recém licenciados,  usa isso a teu favor.

Lê frequentemente portais de notícias, revistas e jornais. Hoje em dia, para qualquer cargo, tens que 
ser culto e saber o que está acontecendo no País e no mundo.



Atualiza-te fazendo cursos.

Faz um blog  e demonstra o teu conhecimento sobre determinado assunto relacionado com a tua profissão. Ele pode ser um elemento diferenciador na hora de seres contratado.

Encontra algo que gostes de fazer e torna-te voluntário para realizar determinada atividade. Isso 
mostra bom caráter aos recrutadores.

Encontrar o melhor emprego significa às vezes ter contatado a pessoa certa na hora certa.

Não importa se compras ou se pedes um emprestado, vais precisar de um computador para escrever o teu 
currículo, enviar e-mails e criar o teu portfólio.

Acesso à internet e o domínio é fundamental, procura lugares com wi-fi gratuito, se precisares.

Ter um portfólio é essencial porque ele guarda os teus materiais. Aqueles que precisas mostrar aos 
recrutadores para provar o teu valor.

Para te assegurares que não perderás nenhuma ligação relacionada com qualquer vaga de emprego, tem 
sempre um celular à mão.

Pede ajuda a amigos e à família. Isso não é nepotismo, é só perguntar sobre possíveis oportunidades 
nos lugares onde eles trabalham.

Alguém na tua igreja ou nos teus círculos sociais também te pode ajudar.

Lembra-te daquele professor que gostavas na universidade? Que tal pergunta-lhe sobre oportunidades de emprego?

Na tua sala deve haver muitas pessoas empregadas. Pede-lhes ajuda.

Sites como LinkedIn podem ajudá-lo.

Passa a frequentar estas feiras de emprego ou carreira, podem ser ideais para encontrares um trabalho. 
Vista-se como fosse ir a uma entrevista de emprego e leva uma cópia do teu currículo.

É bom verificar os jornais. Algumas ofertas de emprego podem não estar divulgadas online.

Não te candidates a empregos que sabes que não vais gostar ou para os quais não estás qualificado.

Pede para um amigo para te ajudar. Filma-te numa entrevista e, em seguida, revê as tuas respostas e 
linguagem corporal.

É provável que te perguntem na entrevista sobre os teus pontos fortes, assim como sobre os teus 
defeitos. Faz uma lista e pensa em como podes corrigir os teus pontos fracos.

Investiga potenciais empregadores, visite o site destas empresas e pesquisa artigos recentes sobre elas.

É sempre bom pensar positivo. Mas, principalmente se és um recém licenciado, seja realista em relação ao 
tipo de trabalho para que estás preparado.